Pesquisar este blog

Carregando...

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Instituto Estrada Real destaca texto do BLOG VIAGENS PELO BRASIL

Outro importante órgão ligado ao turismo se rendeu ao texto do BLOG VIAGENS PELO BRASIL e publicou em seu site o post do Viagens pelo Brasil sobre Cocais. Desta vez, o portal do Instituto Estrada Real disponibilizou o relato na seção Diários em Destaque. A cada dia, o blog ganha mais espaço em mídias eletrônicas especializadas em turismo.Confira em: http://www.institutoestradareal.com.br/planeje-sua-viagem/diario-de-viagem/blog-viagens-pelo-brasil--httpblogviagenspelobrasilblogspotcombr201401registros-arqueologicos-ao-alcance-dehtml

Diário em destaque



BLOG VIAGENS PELO BRASIL - ... 

TURISTA: 
Karina Motta

FORMA DE LOCOMOÇÃO: 
Carro

PERÍODO: 
01/01/2014 à 01/01/2014

CIDADES VISITADAS: 
Cocais

CAMINHOS VISITADOS: 
Caminho do Sabarabuçu 


RESUMO: 
http://blogviagenspelobrasil.blogspot.com.br/2014/01/registros-arqueologicos-ao-alcance-de.html Em Minas Gerais, no distrito de Cocais, podemos ver de perto desenhos que nossos ancestrais pintaram. Inscrições foram feitas há mais de seis mil anos Em uma vila colonial mineira, um pequeno distrito denominado Cocais, há um resgate da arte pré-histórica, com registros de nossos ancestrais que datam de seis mil anos. É a nossa história viva inscrita nas rochas por meio de desenhos: contagem dos dias, animais... Emocionante! A arqueologia agradece. E a natureza em volta? Você, querido leitor, não imagina a grandiosidade e beleza que o espera! Esta é mais uma joia da Estrada Real. Caminho que leva às rochas com inscrições rupestres No sítio arqueológico, há uma pedra em formato de rosto A descoberta do Sítio Arqueológico Pedra Pintada foi do paleontólogo Peter Lund, o mesmo que encontrou o crânio da Luzia – mulher mais antiga do continente - na região de Lagoa Santa/MG. Trata-se de uma propriedade particular e o senhor José Roberto, o dono do terreno onde se encontra o sítio arqueológico, é muito simpático e atencioso com os turistas. Sr. José Roberto nos mostrando onde nossos antepassados se escondiam da chuva, animais, frio... O nome da localidade - Cocais – que é distrito de Barão de Cocais, deve-se à grande quantidade de coqueiros do local. Panorâmica da vila Completam o cenário, casas coloniais e as igrejas barrocas: Santana, do Bonfim e Matriz do Rosário. A primeira foi construída em pedra e tem pinturas com motivos orientais, conhecidas por chinesisses, além de imagens de santos talhados na madeira e a característica mineira de ter o altar-mor folheado a ouro. Era a capela particular dos fundadores do distrito, família Furtado Leite e da família Pinto Coelho, da qual Barão de Cocais era descendente. Ele está sepultado no interior da igreja. Igreja Santana Igreja do Bonfim A do Bonfim ocupa lugar no terreno onde era a fazenda Estalagem. O coronel da época estava com a filha doente e prometeu construir uma igreja caso ela se curasse e assim foi feito. A original, construída no século XVII em pau a pique, era muito parecida com uma das igrejas que mais admiro em Minas Gerais: a igrejinha do Ó em Sabará, porém, ela foi demolida em 1973 e foi construída outra em alvenaria no seu lugar. Igreja do Rosário E a matriz, por ser do Rosário, foi construída para que negros e mestiços a frequentassem. Ao seu redor há um chafariz e um cruzeiro. Esta vai para a minha coleção particular de fotos dos templos dedicados a Nossa Senhora do Rosário. Pintura no teto da igreja do Rosário Altar da igreja do Rosário Estilo colonial prevalece na arquitetura na vila Fiquei hospedada na Pousada das Cores e achei muito interessante o trabalho cultural desenvolvido pelo proprietário. Além disso, as refeições são elaboradas com verduras, legumes, frutas e flores comestíveis que ele mesmo ou seus vizinhos cultivam. Ainda tem uma lojinha com produtos da região para serem vendidos: farinhas, licores, geleias, vinagres ... Há também a igrejinha de São Francisco e Santa Clara, um castelinho onde é a recepção, adega, claro, pois um lugar aconchegante e bonito merece ser apreciado como um bom vinho e ainda um pequeno alambique. Interior da igrejinha São Francisco e Santa Clara na pousada das Cores Por toda a pousada há esculturas em pedra que enfeitam o ambiente. Para completar o clima cultural, foram montados dois museus na pousada: o do índio e do imigrante. Museu do Imigrante na pousada das Cores Museu do Índio na pousada das Cores Agora, para conhecer um pouco mais da cultura, modo de vida dos moradores de Cocais, basta visitar o museu Fernando Toco, um antigo morador, senhor Augusto Bento do Nascimento, que, durante toda a sua vida, colecionou objetos que contavam a história da Vila. O museu funciona em um imóvel que pertenceu ao Barão de Cocais.

DICAS PARA OUTROS VIAJANTES: 
Visitei e recomendo: Sítio Arqueológico Pedra Pintada Igrejas Santana, do Bonfim e Matriz do Rosário Museu Fernando Toco Pousada das Cores

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Festa da cerveja em Nova Lima/MG



Cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte tem se tornado referência na fabricação de cervejas artesanais. Nova Lima sedia neste fim de semana a Uaiktoberfest. Evento reúne mais de 20 produtores da bebida
                                 

Se a capital das Minas Gerais é conhecida como a dos botecos, nada mais justo que, bem perto de
Belo Horizonte, desenvolvam-se cervejarias para suprir os bares de BH com esta bebida e, ainda, servir para aplacar o calor que anda tomando conta do estado. Assim, Nova Lima, que fica a 23 km da capital mineira, tem se tornado referência no Brasil em fabricação de cerveja artesanal e ocupando importante espaço na área de turismo cervejeiro. A cidade sedia, entre os dias 17 e 19, a Uaiktoberfest, versão mineira da grande festa alemã que ocorre no mês de outubro. Esta já é a quarta edição do evento. A entrada é gratuita.
Rainha e princesas da festa


Pessoas em trajes típicos marcaram presença


À noite, a festa ficou lotada



  
 Comidas típicas alemãs, música e, claro, as melhores cervejas artesanais produzidas na cidade. Sábado e domingo haverá atividades técnicas, que incluem palestras gratuitas sobre o movimento home brew (cervejaria caseira), degustação dirigida e prática de produção de cervejas e cursos, com cobrança de taxas, em que as pessoas poderão aprender a harmonizar a bebida, porém, o número de participantes é limitado. Além de quiosques com petiscos para serem servidos, foram montados dois restaurantes. Um vendia comida mineira e outro, alemã.

Mix de salsichas com mostardas clara e escura e salada de batatas




Na programação cultural, muito rock, jazz e blues, além de duas apresentações (no sábado e domingo à tarde) do grupo Bergfreund, de dança folclórica alemã. Dois palcos foram montados.


O grupo Bergfreund fez bonito




E é claro que BLOG VIAGENS PELO BRASIL não poderia ficar de fora desta festa e foi conferir o evento! Uma vila cênica alemã foi montada na rua Antônio Serafim da Silveira – trevo do Mingu (atrás da rodoviária). Um espaço kids garante a diversão da criançada.
Crianças tiveram um espaço apenas para elas

O touro mecânico fez a festa, inclusive dos adultos que se aventuraram

Na vila que foi montada, venda de artesanato e lembrancinhas

Uma caneca personalizada é distribuída aos visitantes para que os mesmos possam degustar diferentes tipos de cerveja que serão comercializados. Só no ano passado foram vendidos 22 mil litros de cerveja durante a festa

Mais de 20 produtores de cerveja e mestres cervejeiros participam da quarta edição da Uaiktoberfest. Entre as marcas mineiras, tem a Krug Bier, Falke Bier, Backer e Wälls. Também participarão: Küd Bier, Grimor, Taberna do Vale, Capapreta, Karpens, entre outras.



Uma das cervejarias participantes


Uaiktoberfest 2014 – Nova Lima

Data: 17, 18 e 19 de outubro

Local: Rua Antônio Serafim da Silveira com Madre Tereza, no trevo do Mingu (atrás da rodoviária)

Horário: sexta (17/10) – de 18 a 0 h. Sábado (18/10) – de 12 a 0 h e Domingo (19/10) – de 12 às 22 horas.


Visitei e recomendo:

4ª Uaiktoberfest


Localização:


Nova Lima, município da Região Metropolitana de Belo Horizonte, fica a 23 km da Capital. A Uaiktoberfest é montada na rua Antônio Serafim da Silveira com Madre Tereza, no trevo do Mingu (atrás da rodoviária)


Aproveite para conhecer e curtir também a página do BLOG VIAGENS PELO BRASIL no facebook: www.facebook.com.br/blogviagenspelobrasil

* Texto e fotos: Karina Motta




quarta-feira, 1 de outubro de 2014

A padroeira de Minas Gerais na Serra da Piedade


Algumas das características mais marcantes de Minas Gerais são as suas montanhas, igrejas e religiosidade. A Serra da Piedade, no município de Caeté e que pertence à Estrada Real, reúne estes destaques e é onde está a padroeira deste estado.






Já visitei o santuário mais de uma vez, porém, uma das minhas idas teve um sentimento especial. Se, em minha união estável com meu marido quis agradecer e pedir bênçãos para o nosso relacionamento em Aparecida do Norte, a padroeira do Brasil, anos depois, ao casarmos no civil, decidimos ir até o Santuário Nossa Senhora da Piedade, padroeira de Minas Gerais (estado onde nascemos e moramos), para reforçarmos nossa gratidão a Deus por ter aproximado nossas vidas e nossos propósitos.


Desta vez, resolvemos nos hospedar na Casa dos Peregrinos. As instalações são excelentes para quem quer refletir, mas, é necessário fazer a reserva antecipada, pois, o local costuma ficar sempre lotado de romeiros. Da janela da suíte, vê-se toda a exuberância da paisagem e praticamente toda Belo Horizonte e outros municípios da região metropolitana da Capital mineira. Em dias sem neblina, é possível ver com clareza as montanhas das Minas Gerais, esplendorosas como Deus as criou. Porém, nos dias nublados, a cerração dá o seu toque de beleza ao local.

A comida é bem caseira e feita pela freira que toma conta do local. Não há televisão no quarto, mas, pressupõe-se  que quem pretende hospedar-se ali quer mesmo é um encontro consigo mesmo e manter-se em oração. Já sabíamos e por isso mesmo escolhemos o local. Com total infraestrutura, o santuário possui restaurante, cafeteria/lanchonete, estacionamento e hospedaria. Tudo aberto ao público. Do restaurante, tem-se uma excelente vista para contemplação na hora das refeições. Perto da cafeteria há uma lojinha onde se pode adquirir lindos e delicados artesanatos de lembrança.

O santuário fica a 1746 metros de altitude. Pode-se subir a serra de carro, ônibus, moto, mas, muitos romeiros fazem isso a pé. Ou para refletirem nos passos da Via Sacra ou para pagarem promessas. Os passos da Paixão de Cristo são montados em desenhos nos azulejos assentados em pedras.








Na igreja, chamada de Ermida da Padroeira, a imagem de Nossa Senhora da Piedade, conhecida como Pietá, é obra do artista Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho e data do século XVIII. As missas e terços são frequentes, inclusive, alguns são transmitidos via rádio ou televisão. Na maioria das vezes que fui ao santuário, confirmei antes e assisti à celebração.




Em frente à igreja, há uma linda escultura: o calvário. Toda em ferro, do artista Vlad Eugen Poenaru. É maravilhosa e rende excelentes fotos.



Outro templo foi construído em 1974: Igreja Nova das Romarias, que possui estilo moderno. Os murais internos retratam cenas bíblicas, prin-cipalmente, do Evangelho de Lucas e são do artista plástico Cláudio Pastro.


Em 1956, o conjunto arquitetônico e paisagístico do Santuário Nossa Senhora da Piedade foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Dois anos depois, o papa João XXIII decretou Nossa Senhora da Piedade, a padroeira do estado de Minas Gerais.

Bem perto ao santuário, há uma construção que também se destaca no cenário: o observatório astronômico Frei Rosário, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Vale a pena conferir!


Teatro de Arena  no Santuário Nossa Senhora da Piedade

Conheça também e curta nossa página no facebook: www.facebook.com.br/blogviagenspelobrasil


* Texto e fotos: Karina Motta

Visitei e recomendo:
Santuário Nossa Senhora da Piedade
Casa dos peregrinos
Via Sacra e passos da Paixão de Cristo
Ermida da Padroeira
Calvário
Igreja Nova das Romarias
Observatório astronômico Frei Rosário

Localização:

A Serra da Piedade faz parte da Estrada Real. Está localizada no município de Caeté, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Fica a 48 km da Capital.