Pesquisar este blog

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Igrejas católicas de Belo Horizonte

Igreja de Lourdes - Reprodução
Há algumas igrejas que são referência na capital mineira. Cada uma com beleza específica. Para mim, a mais linda e mais importante é a Basílica de Nossa Senhora de Lourdes, pois, sou devota da Virgem Maria. Em estilo gótico, o templo chama a atenção de quem passa pela rua da Bahia. Trata-se de uma linda construção e, a qualquer hora que você entrar na igreja, há devotos rezando na gruta. Vez ou outra ainda é possível contemplar o altar ao som do coral, que ensaia sempre. 

 Talvez a mais conhecida e alvo de constantes visitações é a igreja São Francisco, porém, mais uma vez, por ela pertencer ao conjunto arquitetônico da Pampulha já citado em outros posts, não falarei dela agora.

E se Minas Gerais é o berço de belas igrejas, a capital do estado, Belo Horizonte, não fica para trás. Há igrejas, paróquias, capelas, basílica, catedral. E ainda há outras em construção, mas, a mais importante nesta fase é a catedral Cristo Rei. O projeto arquitetônico é de Oscar Niemeyer.

A matriz da cidade é a catedral da Nossa Senhora da Boa Viagem, considerada um santuário de adoração perpétua. Aliás, BH foi construída no entorno desta paróquia. Já no centro de Belo Horizonte, temos a igreja São José. Serve de atalho para se chegar a diversos pontos da capital. Normalmente, no meu caminho para o trabalho, passo por dentro da igreja e já peço a bênção para o dia. Ela fica entre as ruas Tamoios e Espírito Santo, com entrada pela  Afonso Pena. A grande escadaria para a rua chama a atenção e serve de ponto de encontro ou descanso para aqueles que estão de passagem pelo centro da cidade.
Igreja São José - reprodução

Neste momento, o templo passa por restauração, mas todas as atividades foram mantidas como missas e festas.  A igreja que já guarda um grande, colorido e belo acervo em seu interior ficará ainda mais bonita. Nela também há cenas da aparição de Nossa Senhora de Lourdes à santa Bernadete como de outros santos e passagens bíblicas.

Uma curiosidade que poucos sabem é que, se vista do edifício Acaiaca, que fica em frente à igreja, ela parece que está em cima de um cálice (como mostra a foto antiga ao lado, retirada da internet). A vista é proporcionada pelas escadarias e pelas subidas laterais.

Ah... Estão sentindo falta da Nossa Senhora do Rosário, a igreja que mais coleciono visitas e fotos por onde viajo, né? Pois bem, mesmo tendo a linda igreja de Lourdes em BH eu não poderia deixar de visitar a Capela de Nossa Senhora do Rosário frequentemente. A arquitetura simples mistura vários estilos. Ela fica bem próxima a uma das entradas da São José e é na porta dela que peço a bênção toda vez que passo por lá e se dedica a missas, reflexões, confissões e orações. Quase nunca entro por estar sempre com pressa, mas já assisti missas lá e já refleti em alguns momentos também.

Igreja São Judas - reprodução
Os vitrais são o que mais chamam a atenção na igreja de Nossa Senhora do Carmo, contando a história de Nossa Senhora. Por fim, outra paróquia que eu gostaria de citar é a dedicada ao santo das causas impossíveis, São Judas Tadeu. O santuário é cultuadíssimo na capital mineira e muitos devotos enchem a igreja, principalmente, todo dia 28 de cada mês, que é dedicado ao santo e, também, em 28 de outubro, dia de São Judas. 

Igrejas que visitei e recomendo:

Basílica de Nossa Senhora de Lourdes
São Francisco de Assis
Nossa Senhora da Boa Viagem
São José
Nossa Senhora do Rosário
Nossa Senhora do Carmo
São Judas Tadeu



Conheça também e curta nossa página no facebook: www.facebook.com.br/blogviagenspelobrasil


                                                                                                                               *Texto: Karina Motta

Nenhum comentário:

Postar um comentário