Pesquisar este blog

sábado, 22 de julho de 2017

As riquezas de São Bartolomeu/MG

Rio das Velhas, barroco e a famosa goiabada cascão, patrimônio imaterial de Minas Gerais são os destaques do distrito de Ouro Preto
O pequeno distrito de OuroPreto, chamado São Bartolomeu, é bem pequeno e tem menos de 800 habitantes, mas uma infinidade de patrimônio que torna a localidade muito rica.



O barroco do século 18 está presente em todo canto. O rio das Velhas, principal afluente do rio São Francisco corta todo o lugar. Sem falar na tradição dos doces, que rendeu o título de partrimônio imaterial de Minas Gerais à goiabada cascão fabricada aqui.
As lojinhas vendem todo o tipo de doce fabricado lá.
Já entrando no local, vê-se o casario histórico e a Capela Nossa Senhora das Mercês no alto, de onde se vê toda a localidade. 


Antes de chegar até ela, passamos pela Matriz de São Bartolomeu, considerada uma das primeiras de Minas e é tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional. Elas são do século XVIII.

Considera-se que o distrito nasceu antes de Ouro Preto, pois, é por onde passavam os bandeirantes que se refrescavam e acampavam às margens do rio das Velhas.

Passamos por São Bartolomeu para conhecê-lo quando voltávamos de Ouro Preto. Resolvemos almoçar lá para conhecer mais um dos 13 distritos de Ouro Preto, por isso, ficamos apenas no centro e não conhecemos as cachoeiras que dizem ser maravilhosas. Além do mais, estava bem frio. Não tivemos tempo também de conhecer o Parque Florestal Uaimii.
Ao pesquisar na internet, optamos por almoçar no restaurante Casa do Parque. Ele é bem acolhedor e tem excelente tempero. É uma agradabilíssima surpresa em meio à natureza. O tratamento ao cliente é vip. Desde sua chegada, o acolhimento, atendimento e gentileza do chef Harold é especial. Ele te deixa à vontade e interage de forma a deixar o passeio ainda mais agradável. O tempero é muito gostoso e ainda faz sugestões para deixar a sua experiência ainda mais proveitosa. Ele nos presenteou com uma entrada saborosíssima e, ao pedirmos o risoto de cogumelos, sugeriu acrescentarmos aspargos frescos, o que deixou o prato ainda mais saboroso. O ambiente é intimista e o atendimento impecável. Supera expectativas. 




Ao mesmo tempo em que cozinha, ele interage com o cliente. Ele não é mineiro e nem serve comida mineira em seu estabelecimento, mas nos deixa tão à vontade como se estivéssemos na cozinha de uma mineira cozinhando e contando causos. Ele divide conosco sua experiência de vida e deixa o almoço ainda mais gostoso. A especialidade é cozinha italiana e internacional.

Localização: São Bartolomeu é distrito de Ouro Preto e fica a 70 km da capital mineira. Ouro Preto pertence à Estrada Real.


Visitei e recomendo: Capela Nossa Senhora das Mercês

Igreja Matriz de São Bartolomeu

Restaurante Casa do Parque


Conheça também e curta nossa página no facebook: www.facebook.com.br/blogviagenspelobrasil


*Texto e fotos: Karina Motta

2 comentários:

  1. Mais um daqueles lugares em que minha amada Karina Motta do Blog Viagens Pelo Brasil me leva e eterniza no meu coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oh! Muito obrigada. Com certeza, está eternizado em nossos corações

      Excluir