Pesquisar este blog

sábado, 7 de abril de 2018

Um pouco de Betim/MG

Comecei a trabalhar, há dois anos, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, por isso, eu que sempre visitei a cidade para ir ao Parque Ecológico Vale Verde (mas hoje está fechado para visitantes e turistas por tempo indeterminado), dediquei um dia inteiro para conhecer um pouco mais do que o município tem a oferecer além do meu ganha-pão diário, pois, durante a semana, limito-me a apenas trabalhar.

Trabalho bem próximo à linha férrea e sempre a vejo no caminho e de qualquer janela do prédio onde está localizado meu serviço. Além disso, em horários específicos, o apito do trem é o som ao fundo. A Estação Ferroviária é Patrimônio Histórico-Cultural Municipal.

Há um monumento feito em ferro que enfeita a praça Milton Campos e faz referência à antiga capela que havia sido construída no local. Era uma das construções mais antigas da cidade, servindo de pousada para os tropeiros.
Próximo dali, está o museu histórico Casa da Cultura Josephina Bento, que funciona no prédio que abrigou a primeira escola  da cidade. O nome é em homenagem a uma professora da região.

Ao lado da Casa de Cultura, há uma antiga fonte.

Museu Paulo Afonso
Também não podia deixar de conhecer o Museu Paulo Afonso Araújo Moreira Gontijo, pois, passo por ele todos os dias. Também é tombado pelo Patrimônio Histórico Municipal. Ele retrata e conta a história do surgimento e desenvolvimento de Betim. As peças do acervo foram doadas por moradores.

A cidade se firmou como pólo industrial, mas há áreas verdes, fazendas e circuito que privilegia a natureza para serem visitados.

Dentre todas as igrejas, resolvi conhecer a do Carmo por ter visto fotos do casamento de uma colega. Guardadas as proporções, ela surpreende como a Igrejinha do Ó, em Sabará. Vendo a simplicidade por fora, não se imagina a grandiosidade por dentro. Pinturas adornam todas as paredes e teto. É maravilhoso! São 20 painéis do artista plástico Antônio Claret. As pinturas do teto representam os ministérios gloriosos, gozosos e dolorosos. Já na lateral, os painéis mostram o mistério de Luz e retratam a vida de Cristo.

 Como amo pôr do sol, gosto de apreciá-lo das janelas quando tenho tempo. Infelizmente, é raro. Porém, certa vez, no ponto, aguardando o ônibus, o astro rei estava se pondo entre a copa de uma árvore. Foi maravilhoso! Fiquei tão embevecida que não fotografei. Estava hipnotizada olhando. Tenho apenas o primeiro registro, quando tinha poucos dias que eu estava trabalhando na organização. 

Visitei e recomendo
Praça Milton Campos
Casa da Cultura Josephina Bento
Museu Paulo Afonso Araújo Moreira Gontijo
Igreja do Carmo


Localização:
Betim fica na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a 42 km da capital mineira.


Conheça também e curta nossa página no facebook: www.facebook.com.br/blogviagenspelobrasil



*Texto e crédito das fotos: Karina Motta

2 comentários:

  1. No Museu Paulo Afonso tem uma foto dos betinenses se divertindo na Biquinha. Que era ali bem no Centro da Cidade. É um registro do tempo que passou mas não tira esse ar de pitoresca que permanece na cidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro ouvir esse comentário sempre que passamos pelo centro de Betim!

      Excluir